Empresas de Taiwan chegam à Feimafe exibindo qualidade, tecnologia e custos competitivos

Coletiva de imprensa mostrará avanços tecnológicos, iniciativas para inovação e expectativas de investimentos e parcerias locais.

Uma das grandes atrações da 15ª Feimafe, que acontece entre 18 e 23 de maio no Centro de Exposições do Anhembi, será o pavilhão das empresas de máquinas-ferramenta de Taiwan. Lideradas pela Associação da Indústria de Máquinas de Taiwan (TAMI) e com o apoio do Conselho para Desenvolvimento do Comércio Exterior de Taiwan (Taitra), 11 empresas trarão seus principais executivos para mostrar ao mercado brasileiro a qualidade e capacidade de sua produção, a alta tecnologia e a competitividade de seus preços.

A Taitra realizará uma coletiva de imprensa no dia 19 de maio para discutir inovações tecnológicas, expectativas de investimentos no Brasil e novas iniciativas do mercado de Taiwan. O mercado brasileiro ocupa posição de destaque no comércio exterior de Taiwan. Cerca de 30% das exportações e 37% das importações negociadas com países latino-americanos tem como alvo o Brasil.

As empresas que vêm à Feimafe 2015 tem foco no ramo automobilístico nacional (o sétimo maior do mundo), na área petrolífera e na sólida indústria de implemento agrícola; campos que indicam forte demanda em equipamentos para a indústria metalmecânica. Os objetivos traçados pelas empresas do pavilhão são claros: fechar negócios, ampliar parcerias e aumentar a participação no mercado brasileiro.

O “Vale de Ouro” taiwanês abriga a maior planta industrial de máquinas-ferramenta do mundo. Estende-se em uma faixa de 60 km de comprimento por 14 km de largura e abriga mais de 1800 indústrias de máquinas de precisão e mais de 10 mil  fábricas de suprimentos. As máquinas-ferramenta produzidas ali são aplicadas para confeccionar componentes de iPhone, peças de carros alemães e italianos, rolamentos usados em automóveis da GM, Porsche e Hyundai, entre outras utilidades. Este centro de produção emprega mais de 300 mil trabalhadores e tem receita anual que ultrapassa os US$ 27 bilhões. Para se ter uma ideia, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), o faturamento bruto da indústria de máquinas brasileira em 2014 foi de quase US$ 23 bilhões, quatro bilhões de dólares a menos.


Continua depois da publicidade


Os números de produção e exportação colocam o mercado de máquinas-ferramenta de Taiwan em destaque: É o sétimo maior fabricante do mundo e o quarto maior exportador. A produção atingiu o valor de US$ 4,8 bilhões em 2015. Cerca de três quartos desta produção é exportado para 138 países, o que torna o setor de Taiwan um dos principais do mundo. A cadeia de produção é outro destaque. No “Vale de Ouro” trabalham lado a lado profissionais de design, fabricação de componentes, manufatura, teste, marketing, entre outros, formando um sistema completo que possibilita maior competitividade no custo-benefício. Em termos de exportações, a expectativa para 2015 é que os valores ultrapassem US$ 4,5 bilhões, o que faria do mercado de máquinas-ferramenta de Taiwan o terceiro maior do mundo.

Serviço

Coletiva de Imprensa Taitra – Feimafe 2015
Data: terça-feira, 19/05/2015
Horário: 11h-12h30
Local: Rua Professor Milton Rodrigues, 100 - Santana, São Paulo – SP
Confirmação de Presença: (11) 5543-0039 – Caio Calazans




Comentários