CNI pedirá aos governos solução para paralisação dos caminhoneiros

Paralisação já afeta indústria e agronegócio em vários estados.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) pedirá aos governos federal e estaduais providências para solucionar a paralisação de caminhoneiros que bloqueiam rodovias em vários estados, informa nota divulgada no início da noite de hoje (24). A entidade manifestou preocupação com os efeitos da paralisação e com as perdas para o setor industrial.

"O ato acontece em um momento difícil para o setor produtivo e torna a situação ainda mais complicada, pois gera prejuízos como perdas de produtos perecíveis, aumento do custo de transporte e interrupção de linhas de produção", diz a nota.

A CNI estima o impacto da paralisação para a indústria e diz que vai pedir aos governos federal e estaduais que busquem soluções para que a normalidade seja retomada "o mais rapidamente possível".

Os caminhoneiros protestam contra o aumento no preço dos combustíveis e o reajuste nos valores dos fretes.

Até o fim da manhã desta terça-feira, a paralisação atingia rodovias dos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina,do Paraná, de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e da Bahia, informa a nota.

Foto capa: Contribuição de Ed Santos/ Acorda Cidade




Comentários