ANP vai investir R$ 77 milhões em Centro de Tecnologia em Santos

Universidades estaduais paulistas participam de Comitê Técnico.

O projeto do Centro Tecnológico da Baixada Santista (CTBS), polo gerenciado pelas universidades públicas paulistas e que reunirá pesquisadores de Petróleo e Gás, foi apresentado dia 22 de janeiro ao prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB).

O projeto tem participação de um Comitê Técnico formado por USP, Unesp e Unicamp e terá como parceiras outras nove instituições de ensino superior que atuam na região. A Petrobras também ajuda na gestão do equipamento.

O prédio, de seis andares, ocupará área de cerca de 3 mil metros quadrados nos fundos do Cais Santista, na Rua Braz Cubas, com investimento de R$ 77 milhões da Agência Nacional de Petróleo (ANP).

Conforme o cronograma apresentado pelo professor do Departamento de Engenharia Naval da USP, Bernardo Andrade, o plano aguarda aprovação do projeto arquitetônico pela Prefeitura. Depois, será contratada a empresa que fará as obras, previstas para o próximo semestre.

O centro funcionará ao lado do prédio da Fundação Parque Tecnológico de Santos, com obras em andamento. “Vamos ter um grande polo de conhecimento na região, que vai colaborar para o desenvolvimento da Baixada Santista e do País. Os bairros do entorno também serão beneficiados”, afirma o prefeito.




Comentários