Grupo polonês confirma investimento de R$ 640 milhões no RS, diz governo

Objetivo é iniciar as obras da unidade, emTriunfo, até abril deste ano.

Executivos do grupo polonês Synthos S/A, que atua na fabricação de borrachas ESBR e poliestireno expandido (EPS), confirmaram nesta terça-feira (20) um investimento de R$ 640 milhões na instalação de uma unidade em Triunfo, na Região Carbonífera do Rio Grande do Sul. A informação é do governo estadual. Em reunião no Palácio Piratini na tarde desta terça-feira (20), os investidores apresentaram o projeto e afirmaram que planejam iniciar as obras em abril.

De acordo com o executivo gaúcho, os investidores solicitaram "agilidade nas questões de liberação ambiental" e proteção diante do risco de dumping, que é a prática utilizada por algumas empresas de colocar no mercado produtos abaixo do custo para eliminar concorrentes.

Segundo o diretor executivo do grupo, Zbigniew Warmuz, a Synthos tem licença ambiental concedida pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), mas será preciso avançar na licença de operações e na licença de instalação. “Pretendemos começar a execução da unidade, no máximo, no início de abril e concluí-la em dois anos", afirmou. A produção prevista para a nova fábrica é de 80 a 90 mil toneladas ao ano, diz o governo.

“Valorizamos todo investidor que escolhe o Rio Grande para se instalar e produzir. Vamos resolver rapidamente a questão ambiental juntamente com a prefeitura de Triunfo", disse o governador gaúcho, José Ivo Sartori (PMDB). Sobre a preocupação com o dumping, o governador informou que o assunto será tratado dentro dos próximos 15 dias com o governo federal.   

De acordo com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, a reunião “foi altamente positiva, uma vez que o grupo ratificou a escolha do Rio Grande do Sul para um empreendimento que vai gerar 150 empregos na fase de operação”.




Comentários