PHD investe R$ 8 milhões em linha de produção

Empresa busca modernização para atender às demandas do mercado.

A fabricante de guindastes PHD está investindo, no acumulado de 2014, R$ 8 milhões na modernização de suas linhas de produção. O objetivo é crescer acompanhando as oportunidades que o setor de infraestrutura tem apresentado.

O aporte, feito com recursos próprios, é equivalente a 12,5% do faturamento de R$ 60 milhões registrado pela empresa em 2013. O montante foi direcionado à aquisição de novos equipamentos para suas plantas fabris localizadas em Caxias do Sul (RS), como tornos, centros de usinagem, robôs de solda a laser e máquinas dobradeiras e de montagem de subconjuntos.

Com isso, a PHD Guindastes prevê alcançar um faturamento de R$ 100 milhões em 2016. Em suas duas unidades fabris a empresa produz guindastes com capacidades de carga entre 3,5 e 82 toneladas e acessórios como lanças, garfos, garras, guinchos e brocas. O carro-chefe da PHD é o guindaste articulado veicular, instalado em caminhões e também conhecido como munck ou guindauto.

A empresa conta atualmente com capacidade para produzir 60 guindastes por mês. Nas plantas industriais, de 10 mil e 5 mil m² – a segunda inaugurada há três anos, fruto de um investimento de R$ 4 milhões – atuam 130 colaboradores. Com uma carteira de 1.200 clientes ativos, a PHD já comercializou, em seus 17 anos de existência, mais de 8 mil equipamentos.

Em 2013, foram 604 guindastes fabricados e comercializados. Dentre os principais compradores estão construtoras, locadoras, empreiteiras, companhias elétricas e de telefonia e portos.




Comentários