APM Terminals investe US$ 2,2 milhões em terminals tractors

A companhia realizou a compra de 24 equipamentos desenvolvidos especialmente para serem utilizados em portos.

A APM Terminals Itajaí investiu US$ 2,2 milhões na compra de 24 terminals tractors, equipamentos desenvolvidos especialmente para serem utilizados em portos. A tecnologia substitui o uso de caminhões para movimentações dentro do terminal, agregando segurança, eficiência, menor impacto ambiental e menor custo de manutenção.

A expectativa é que os equipamentos entrem em operação em novembro, após conclusão de 10 dias de treinamento de 100 trabalhadores portuários avulsos com instrutores da Maersk Training Brasil. Ao final desta fase, serão contratados 40 operadores.

Os terminals tractors foram projetados para suportar o engate frequente de marchas à frente e a ré – são cerca de quatro mil trocas a cada oito horas de operação – e, para isso, são equipados com transmissão totalmente automática de uso severo. Trata-se de um veículo de fácil manobra, movido a diesel. Como são automáticos, os equipamentos identificam o tipo de torque ideal para quando está com peso ou vazio. Como os caminhões tradicionais são desenvolvidos para serviços de longa distância, quanto expostos a longos esforços, apresentam mais problemas mecânicos, o que já não ocorre com os equipamentos adquiridos pela APMT.




Comentários