Motor 2 em 1 aumenta autonomia de carros elétricos

Engenheiros de Cingapura e da Alemanha apresentaram um novo motor que promete aumentar de forma substancial a autonomia dos veículos elétricos.

Trata-se de um motor 2 em 1, que combina um motor elétrico tradicional com o compressor do ar-condicionado.

Imagem: Reprodução/ Nanyang Technological University

"O maior desafio para os carros elétricos em megacidades tropicais é o quanto eles podem viajar com cada carga, porque as baterias são necessárias para alimentar o motor e o ar-condicionado. Nos países tropicais, como Cingapura, até metade da capacidade da bateria é usada para alimentar o ar-condicionado," disse o professor Subodh Mhaisalkar, da Universidade Tecnológica de Nanyang.

O motor elétrico pode ser usado integrado às rodas, para impulsionar o veículo.

O compressor integrado consome menos eletricidade devido à sinergia entre o motor e o compressor.

Motor, compressor e recuperador de energia

Na verdade, o motor até poderia ser chamado 3 em 1, já que o conjunto integra também o sistema regenerativo de energia dos freios. Dentro do mesmo conjunto, o mecanismo é usado para alimentar diretamente o compressor, aumentando a eficiência geral do veículo.

A solução é interessante para os fabricantes de automóveis porque o conjunto usa menos material, é menor, pode ser fabricado a um custo mais baixo e pesa menos do que um motor e um compressor separados, o que também ajuda a otimizar a autonomia dos veículos.

"Como estamos agora projetando veículos elétricos a partir do zero, não vejo nenhuma razão por que devamos manter as duas unidades separadas. Como comprovamos, a combinação dos dois nos dá sinergia - uma utilização mais eficiente da eletricidade e também um melhor freio-motor, que pára o carro mais rápido, com menor desgaste das pastilhas de freio," disse Mhaisalkar.


Continua depois da publicidade


O conceito do motor 2 em 1 foi desenvolvido por Satheesh Kumar, que contou com a ajuda de engenheiros da Agência Espacial Alemã (DLR) para desenvolver seu projeto. A DLR cuidará da colocação do motor 2 em 1 no mercado.

Tópicos:



Comentários