Foton apresenta protótipo nacional e fornecedores

Caminhão de 10 toneladas de PBT será o primeiro produzido em Guaíba.

A Foton apresentou o protótipo do primeiro caminhão da marca chinesa a ser produzido no Brasil, na fábrica de Guaíba (RS), a partir de 2016. Em evento realizado na quarta-feira (15) foi mostrado a representantes do governo do Estado do Rio Grande do Sul o modelo de 10 toneladas de peso bruto total (PBT), com boa parte dos fornecedores locais já definidos. 

“Em função das parcerias que fechamos com 20 dos principais fornecedores instalados no Brasil, nosso caminhão de 10 toneladas sairá da linha de produção com mais de 65% de seu conteúdo nacionalizado, assim atenderemos aos requisitos do programa Inovar-Auto, do governo federal, e habilitamos o veículo ao financiamento pelo BNDES/Finame”, disse Luiz Carlos Mendonça de Barros, presidente do conselho da Foton Caminhões, segundo comunicado distribuído no fim da tarde da quarta-feira. 

As empresas fornecedoras apresentadas pela Foton e já confirmadas são: Continental (tacógrafo); Vidroforte (vidros da cabine); Cummins (motor e pós-tratamento); ZF e Sachs (transmissão e embreagem); Dana, Knorr Bremse e Frum (componentes para eixos); Monroe e Rassini (itens da suspensão); Maxion (chassis e rodas); Pirelli (pneus); Voss e Brunning (itens de frenagem); Bepo e Indebras (sistema de combustível); Heliar (bateria); Schwaben (engenharia); e Mobil (fluidos em geral como óleo do motor e dos freios). Itens como chicotes, suportes, parafusos e outras peças estão em negociações com empresas do Rio Grande do Sul. 


Continua depois da publicidade


A Foton informou que na mesma ocasião foi assinado o termo de transmissão definitiva da propriedade do terreno de Guaíba. O evento foi realizado em Canoas (RS), nas instalações de outro fornecedor, a Transportes Gabardo, que assumiu as operações de recebimento e desembarque dos caminhões Foton no Porto de Rio Grande (RS), preparação para envio à rede de concessionárias e o transporte dos veículos até as revendas. 

A Foton também apresentou ao governo gaúcho seus modelos de 15, 17 e 24 toneladas de PBT, que neste segundo semestre entram em processo de homologação para venda e produção no Brasil. “Esses três modelos são os produtos iniciais para a nossa entrada no mercado de pesados e demonstram que o programa estabelecido com a Foton Beiqi tem continuidade para um portfólio maior de produtos”, acrescentou Mendonça de Barros. 

Segundo Bernardo Hamacek, CEO da Foton Caminhões, a montadora terá modelos que atenderão os segmentos de transporte de 3,5 até 24 toneladas. “Isto nos tornará um importante player entre os concorrentes tradicionais e nos permitirá ampliar ainda mais a oferta de produtos a preços muito competitivos”, disse. A marca continua desenvolvendo seu programa de nomeação de concessionários. “Até o fim de 2014 a rede terá 30 casas cobrindo vários Estados e serão 50 até a metade do próximo ano”, afirmou o executivo. 

Segundo a Foton, com as obras para a construção da fábrica já iniciadas em abril passado, a previsão é que o primeiro caminhão brasileiro da marca deixe a linha de montagem em Guaíba no início de 2016. Até lá, a empresa continuará importando da matriz chinesa, em Pequim, os modelos de 3,5 a 24 toneladas de PBT (Peso Bruto Total) que desde junho estão sendo desembarcados em Rio Grande. “Até o fim deste ano chegam no porto 100 contêineres com peças e acessórios; e cerca de mil caminhões devem ser entregues”, finaliza Hamacek.




Comentários