Gerdau faz nova oferta para levar Ascometal

A companhia brasileira apresentou oferta € 86,3 milhões pelos ativos da siderúrgica francesa de aços especiais.

O grupo Gerdau, maior fabricante de aço das Américas e segundo de aços longos do mundo, oficializou ontem uma nova proposta de aquisição da siderúrgica francesa Ascometal. Assim, espera colocar os pés na França.

A companhia brasileira, conforme nota enviada ao Valor com assinatura da capital francesa, Paris, apresentou oferta € 86,3 milhões pelos ativos da siderúrgica francesa de aços especiais. Ela se encontra em processo de recuperação judicial, que foi aprovado em março. Desse valor, informou, € 44,3 milhões referem-se ao preço de aquisição e € 42 milhões para determinados passivos a serem assumidos pela Gerdau.

Conforme a companhia, caso a proposta seja aprovada pela Corte Comercial de Nanterre, a união dos ativos da Gerdau e da Ascometal resultará na criação da maior produtora de aços especiais da Europa, com uma participação de mercado de 16% na região.

No início de abril, a Gerdau informou que havia apresentado proposta preliminar para assumir as operações da Ascometal, em operação de € 41,5 milhões, além de valor relativo a estoques.

A empresa declarou ainda que irá investir € 150 milhões adicionais nas usinas da Ascometal - aptas a produzirem quase 1 milhão de toneladas ao ano - em cinco anos, em diversos projetos voltados para a sustentabilidade da empresa. As usinas hidrelétricas em Allevard serão mantidas e a Gerdau diz se comprometer a manter 1.586 empregos, além criar 166 novas vagas (146 em Les Dunes e 20 em Hagondange).

"A Gerdau acredita no enorme potencial da Ascometal, pela sua trajetória e relevância no mercado europeu. Por isso, nossa proposta está fundamentada na sustentabilidade da empresa. Vamos investir na França para ficar, buscando construir uma empresa cada vez mais forte", diz na nota o presidente, André Gerdau Johannpeter.

Segundo o executivo-chefe da Operação de Aços Especiais na Europa, José Jainaga, "o negócio permitirá a combinação da expertise da Gerdau na produção de aços especiais para o setor automotivo e da Ascometal na área de tecnologia de fornecimento para o segmento de óleo e gás".


Continua depois da publicidade


Segundo a Gerdau, a francesa também deverá ter importante papel no mercado do Norte da Europa, principalmente Alemanha, por sua localização estratégia. Na Europa, a Gerdau faz aços especiais desde 2006, com a aquisição da antiga Sidenor, na Espanha.




Comentários