Indústria de Manaus tem faturamento recorde de R$ 13,7 bilhões

O setor de duas rodas, com queda nas vendas em 2013, também apresentou evolução entre janeiro e fevereiro de 16,46%

O Centro das Indústrias do Amazonas (CIEAM) destacou o faturamento recorde da Zona Franca de Manaus, de R$ 7,28 bilhões em fevereiro e de R$ 13,7 bilhões no acumulado do primeiro bimestre do ano. São R$ 2,69 bilhões a mais, comparado ao mesmo período de 2013, quando somou R$ 11,07 bilhões. Na moeda americana, o crescimento atingiu US$ 5,77 bilhões, alta de 4,39%.

Wilson Périco, presidente do CIEAM, considera que a expansão nas vendas, além de impulsionada pela Copa do Mundo, é reflexo das decisões do governo federal junto à demanda do mercado. “O aumento da alíquota para importação dos aparelhos de ar-condicionado split favoreceu a competitividade e a produção nacional, elevando as vendas com as altas temperaturas, gerando quatro vezes mais empregos em relação aos anos anteriores.”

Segundo dados da Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), o segmento de eletrônicos, responsável pelo recorde de faturamento total do PIM no primeiro bimestre, registrou crescimento de 36,43%, com destaque para televisores e tablets, além dos splits. O setor de duas rodas, com queda nas vendas em 2013, também apresentou evolução entre janeiro e fevereiro de 16,46%, ao lado de bens de informática, com 14,81%.

“Além dos televisores, outros artigos contribuíram para o faturamento recorde do PIM, como videogames, com 165,78%, monitores com tela LCD para uso em informática, 411,40%, notebooks, 93,27%, e aparelho telefônico (inclusive porteiro eletrônico), com 88,90%”, conclui Périco.

Tópicos:



Comentários