SAE BRASIL debate melhoria na produtividade industrial, em Curitiba

Quinta edição do Simpósio SAE BRASIL de Sistemas de Manufatura será realizada no dia 13 de maio, na Universidade Positivo

Crescer no ambiente de competitividade e qualidade é uma preocupação cada vez maior da indústria. Para discutir com o setor da mobilidade as possíveis formas de atuar de forma sustentável será promovido dia 13 de maio, o Simpósio SAE BRASIL de Sistemas de Manufatura. O encontro será realizado na Universidade Positivo, em Curitiba, PR (rua Prof. Viriato Parigot de Souza, 5.300).

Com o tema “Produtividade: a chave para a manufatura competitiva”, o encontro visa difundir novas tecnologias e melhores práticas de manufatura. É destinado aos engenheiros e profissionais das áreas de manufatura, processos e produtos, além de estudantes de engenharia. “Queremos proporcionar à cadeia automotiva interatividade e contato com importantes nomes do nosso mercado e suas melhores práticas”, comenta Flávio Lima, chairman do simpósio, realizado pela Seção Paraná/Santa Catarina da SAE BRASIL.

De acordo com o executivo, nos últimos nove anos o volume de produção do segmento automotivo no Brasil aumentou 60%, mas o número de veículos produzidos por trabalhador só cresceu 8,5%. “Isso quer dizer que a nossa capacidade industrial aumentou, mas temos uma grande lacuna de produtividade e preenchê-la é o que pode garantir a nossa manutenção como um ator industrial competitivo”, avalia.


Continua depois da publicidade


O simpósio é uma oportunidade para empresas que objetivam apresentar produtos, serviços e tecnologias, assim como divulgar e reforçar a marca. “Por lá estarão concentrados os mais renomados profissionais e formadores de opinião da área de manufatura, sendo assim uma oportunidade para novos negócios e parcerias”, afirma. 

Programação – O encontro abordará os seguintes subtemas: “Eficiência no processo produtivo”, “Produtividade indireta por meio da motivação dos 
colaboradores”, “Produtividade estimulada pelo Prêmio Nacional da Qualidade” e “Educação e conhecimento aplicado: a chave para a produtividade”. 

Estudos de casos e práticas implantadas nos processos produtivos de diversas empresas, que ajudaram a melhorar e aprimorar suas atividades, serão apresentados durante o encontro. “Também falaremos da importância em desenvolvermos uma mão de obra qualificada e da necessidade de fomentarmos a manutenção do engenheiro na indústria, já que um dos fatores que contribuem para essa lacuna é o fato de 60% desses profissionais formados não atuarem na indústria”, afirma Lima. 

Outro ponto que o encontro quer discutir é a desmistificação de que para se tornar competitivo, investir em tecnologia e aumentar a produtividade a empresa precisa ser de grande porte. “Os empresários precisam ter uma visão mais ampla da dinâmica do mercado e avaliar que qualquer investimento que façam para melhorar suas operações surtirá efeitos positivos, independentemente de seu tamanho ou mercado de atuação”, comenta o “chairperson”.

Cursos e visita – O encontro terá, ainda, dois minicursos e visita técnica, que permitirão o participante tomar contato com algumas das novas ferramentas utilizadas pela nova manufatura. Os cursos terão os temas “Ferramenta OEE - Produtividade, Disponibilidade e Qualidade” e “Software TECNOMATIX - Plant Simulation”, e serão ministrados dia 7 e 8 de maio, respectivamente, na Universidade Positivo. 

A visita técnica será realizada na fábrica da Renault do Brasil, dia 12 de maio. “Queremos que as indústrias da região percebam o evento como fonte de informação e atualização para os profissionais, além da oportunidade para estabelecer parcerias e networking”, finaliza Lima.

“Acreditamos que os objetivos finais do desenvolvimento científico e tecnológico são pautados e delimitados pelas realidades econômica, social e política. Daí os simpósios da SAE BRASIL oferecerem oportunidades para debates técnicos conectados com as demandas da sociedade”, afirma o engenheiro Ricardo Reimer, presidente da SAE BRASIL.

Programa

  • 8h30 - Cerimônia de abertura    
  • 9h05 – Palestra: “A Fábrica de Casas”, com José Márcio Fernandes, da Tecverde.
  • 9h45 – Palestra: “ Manufatura Digital - simulação e validação da manufatura”, com Paulo Araújo, da Siemens.
  • 10h50 – Palestra: “Manufatura Enxuta: case de conquistas e desafios”, Rafael R. G. Wollmann da Nutrimental.
  • 11h30 – Palestra: “Metodologia de gestão de projetos aplicado para a área de montagem final, aumento capacitário (60v/h) - um estudo de caso”, com Gilson Legroski, da Renault do Brasil.
  • 13h25 – Palestra: “Manufatura digital aplicada na indústria automotiva”, com Karine Bauer da TECPRON; e Bruna Ruiz, da VOLVO.
  • 14h05 – Palestra: “Aumento de produtividade através do WPO”.
  • 14h45 – Palestra: “Manufatura Competitiva - cases de sucesso”, com Pamela Moreira e Ricardo Gomes, da Robert Bosch.
  • 15h50 –Palestra: “Lean Manufacturing - A produtividade como resultado”, com Marcelo Rodrigues da GEMBA Training.
  • 16h30 -    Palestra: “A qualificação operacional como ferramenta impulsionadora da produtividade”, com Luciana Marrara Partel, da Volkswagen do Brasil.

Mais Informações, clique aqui.

Tópicos:



Comentários