John Deere vai investir US$ 40 mi para expansão de fábrica em GO

A expansão, que vai aumentar em 30% a capacidade de produção da fábrica, será concluída no início de 2015.

A multinacional americana fabricante de máquinas agrícolas e para construção John Deere anunciou nesta quarta-feira (9) que vai investir cerca de US$ 40 milhões na expansão de sua fábrica em Catalão, Goiás, diante do aumento da demanda por colhedoras de cana e pulverizadores. A expansão, que vai aumentar em 30% a capacidade de produção da fábrica, será concluída no início de 2015.

Com os investimentos, a unidade de Catalão crescerá de 30 mil para 45 mil metros quadrados e permitirá a instalação de um novo, mais moderno e automatizado sistema de pintura. Além disso, o almoxarifado será expandido em 75% e o novo parque logístico de caminhões vai aprimorar o fluxo de carga e descarga de materiais. As obras vão gerar cerca de 300 empregos, conforme comunicado da companhia.

“É o quarto investimento de grande porte anunciado pela companhia nos últimos meses, o que demonstra o grande avanço da empresa no Brasil”, disse em nota Leo Marobin, gerente da unidade de Catalão.

Em 2012, a empresa já havia anunciado aportes de R$ 60 milhões na unidade para o início da produção de pulverizadores. 

Marobin explica que o desenvolvimento da agricultura de precisão no Brasil está relacionado diretamente à necessidade de melhores tratos culturais, assegurando a saúde das lavouras. Neste caso, a John Deere contribui com pulverizadores de alta tecnologia e eficiência, protegendo as culturas dos efeitos nocivos de insetos, doenças e ervas daninhas. 

O investimento em Catalão reforça também os recentes lançamentos das novas colhedoras de cana no mercado nacional. As versões 2014 das colhedoras 3520 e 3522 agora são equipadas com o sistema CICB (Controle Integrado de Corte de Base), que minimiza impactos nas soqueiras e permite redução no consumo de combustíveis.




Comentários