Mantega anuncia aumento nas taxas para investimento em máquinas

De acordo com o ministro, elevação do juro acompanham a alta da Selic, mas taxas devem continuar atraentes.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta quarta-feira, durante o Encontro Nacional da Indústria, em Brasília, que haverá mudança nas taxas do Programa de Sustentação do Investimento (PSI) no ano que vem. Mantega afirmou, ainda, que o desembolso do programa para este ano será de R$ 80 bilhões.
 
As taxas para ônibus e caminhões passarão de 4% neste ano para 6% no ano que vem. Já para os financiamentos para compra de máquinas agrícolas, a taxa passa de 3,5% para 6% ao ano. Para programas de inovação, as taxas mudam de 3,5% para 4%. Já as taxas para exportação passam de 5,5% para 8%.
 
"As taxas cresceram pouco, acompanhando a Selic, mas continuarão atraentes", disse o ministro.
 
O PSI foi lançado em julho de 2009 como parte das medidas do governo para mitigar os efeitos da crise financeira internacional sobre a economia brasileira. Com a escassez de crédito naquele momento e a retração dos investimentos, as linhas do programa foram criadas para financiar principalmente a aquisição de bens de capital, caminhões e exportações.
Tópicos:



Comentários