Motos: fabricantes de Manaus aceleram produção

Outubro foi 14,9% melhor que setembro, mas acumulado do ano ainda está abaixo de 2012.

 
A produção de motos em Manaus somou 172.492 unidades em outubro, alta de 14,9% sobre o número de setembro. O aumento reflete renovações de linha, como a que ocorreu para as Honda CG 125 e 150, à chegada de produtos, como a Yamaha YS 150 Fazer, e para garantir estoques por causa das férias coletivas de fim de ano.
 
De setembro para outubro, a produção da CG 125 Fan passou de 14.150 para 21.575 unidades, alta de 52,5%. Outro produto Honda, o scooter PCX 150, passou de 903 para 1.492 unidades, crescimento de 65,2%. A novata YS 150 Fazer passou de 5.117 para 6,9 mil motos produzidas nesse período, acréscimo de 34,8%. No acumulado do ano, as associadas à Abraciclo, entidade que reúne as fabricantes de motos, produziram 1.431.792 motocicletas, total 3,7% menor que o de igual período de 2012. 
 
As vendas no atacado, feitas das fábricas às concessionárias, somaram 155.875 unidades em outubro, um crescimento de 9,1% sobre o mês anterior, motivado pelos mesmos fatores que levaram ao aumento de produção. No acumulado do ano, com 1.346.965 unidades, o recuo no repasse às revendas é de 3,5% em relação aos mesmos dez meses do ano passado. 
 
Os emplacamentos em outubro cresceram 4,9%, mas o período janeiro-outubro registra queda de 9,1% ante o já ruim 2012 (veja aqui). Nas exportações, os dez meses de 2013 tiveram 87.486 unidades embarcadas, com variação positiva de 2,3% sobre o mesmo período de 2012.
Tópicos:



Comentários