Camex reduz Imposto de Importação para caminhões-guindastes

Com redução, imposto de importação recua de 35% para 2%, diz governo.

O Ministério do Desenvolvimento informou que foi publicada nesta quarta-feira (11), no "Diário Oficial da União", resolução da Câmara de Comércio Exterior (Camex) que reduz por 180 dias o Imposto de Importação para caminhões-guindastes e  para o chamado "carbonato de bário".
 
A redução tarifária, de 35% para 2%, para caminhões guindastes com lança treliçada, móveis sobre pneus, com capacidade de elevação superior ou igual a 750 toneladas, acionados por motores a diesel, restringe-se a uma cota de somente três unidades.
 
"Os caminhões guindastes com lança treliçada são equipamentos de grande porte utilizados na instalação e na manutenção de parques eólicos", informou o Ministério do Desenvolvimento.
 
Segundo o governo, também foi reduzida a tarifa de importação para o chamado "carbonato de bário" de 10% para 2%, é limitada à cota de 4.125 toneladas. O produto é insumo para indústria de componentes eletrônicos, vidros e cristais, cerâmica, de tijolos, de soda-cloro, mecânica e química. A redução de alíquotas foi aprovada pela Camex por razões de abastecimento.



Comentários