Indústria de máquinas para usinas tem 60% de ociosidade

Indústria de máquinas para usinas tem 60% de ociosidade

A falta de projetos de novas usinas de açúcar e álcool causa reflexos nas empresas de máquinas e equipamentos em um dos principais polos do setor, em Sertãozinho, no interior de São Paulo.
 
A ociosidade média nas fábricas chega a 60%, de acordo com cálculos do Ceise Br (centro nacional das indústrias do setor).
 
As companhias da região produzem todos os tipos de equipamentos para usinas, como moendas e caldeiras.
 
"Não há novos pedidos. As indústrias estão apenas trabalhando em peças para reforma e manutenção", diz o presidente da entidade, Antonio Tonielo Filho.
 
A quebra na safra da cana nas últimas temporadas é um dos motivos para a baixa expansão do setor. Como consequência, indústrias de máquinas reduziram turnos e buscam clientes em outras áreas, como petróleo e gás.
 
"A maioria tem evitado demitir porque acredita em uma retomada no fim do ano, mas esse fôlego não vai durar muito", diz Sebastião Macedo Pereira, economista do Ceise Br. 



Comentários