Venda de carros e comerciais leves subiu 9,58% no mês passado

Com caminhões e ônibus, alta foi de 10%; queda de 5,07% em relação a abril se deve ao menor número de dias úteis.

As vendas de veículos em maio, incluindo caminhões e ônibus, somaram 316,2 mil unidades, com alta de 10% em relação ao mesmo mês de 2012, mas queda de 5,2% em relação a abril. No ano, o setor acumula crescimento de 8,6%, para 1,48 milhão de unidades.
 
Em 2012, o setor teve fraco desempenho em boa parte do primeiro semestre, o que levou o governo a reduzir o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) no fim de maio. O benefício está mantido parcialmente até o fim deste ano.
 
Somente em automóveis e comerciais leves foram vendidas no mês passado 300,6 mil unidades, alta de 9,58% ante igual mês do ano passado e queda de 5,07% ante os números de abril, segundo informou ontem a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).
 
"O mercado está estável, e essa queda nos emplacamentos em maio pode ser atribuída ao menor número de dias úteis em relação a abril. Isso sem contar que tivemos dois feriados no mês, o que também influencia, negativamente, os dias de venda nas pontes dos feriados", disse o presidente da Fenabrave, Flávio Meneghetti.
 
Somando motocicletas, implementos rodoviários e máquinas agrícolas, o total de vendas em maio chegou a 460,2 mil unidades, baixa de 6% ante abril e alta de 2,24% ante igual mês de 2012. No ano, os licenciamentos totais somaram 2,17 milhões de veículos, 1,12% acima de igual pêriodo de 2012.



Comentários