ABDI mapeia tecnologias estratégicas para o setor automotivo

Conclusões do projeto poderão orientar investimentos industriais

 

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), divulgou as primeiras conclusões do mapeamento das tecnologias estratégicas para o setor automotivo. O estudo é uma iniciativa da entidade em parceria com o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), com realização da Universidade de São Paulo. A primeira reunião do grupo aconteceu em outubro de 2012 e adotou a eletrificação veicular como ponto de partida. O projeto está integrado às propostas do Inovar-Auto. 
 
De início, o levantamento apontou que as principais tecnologias para o setor no Brasil, num horizonte de 15 anos, são subsistemas, geradores e acumuladores de energia, motor de tração, sistemas de controle de potência, sistemas auxiliares e infraestrutura para veículos elétricos híbridos plug-in. As conclusões tomam como base o potencial de mercado e de produção do País.
 
A próxima etapa do estudo será encaminhar estas informações aos pesquisadores das universidades Estadual de Campinas (Unicamp) e Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Eles farão uma análise aprofundada para verificar quais das tecnologias poderão se difundir nos próximos cinco anos e quais devem ganhar alta escala em 15 anos no Brasil. As conclusões desta fase da pesquisa poderão orientar investimentos industriais.
Tópicos:



Comentários