Estudantes criam veículo que pode fazer 1 mil km por litro de gasolina

O protótipo feito por uma equipe da UFSC será levado à competição nos Estados Unidos

Enquanto alguns jovens motoristas gostam de pisar fundo no acelerador, a turma chefiada por Rodrigo Magri, 20 anos, deixa a agilidade de lado. A equipe de estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) se dedica a um veículo que pode ser capaz de percorrer um trecho 67 vezes maior por litro de combustível do que carros populares no mercado.

Na próxima quinta-feira, eles embarcam para os Estados Unidos, onde vão testar as habilidades do carro na Shell Eco-Marathon Américas, em Houston. A disputa chama a atenção de centros de pesquisa e empresas automotivas de todo o mundo. Os estudantes da UFSC trabalharam oito meses no protótipo apelidado de Arara Azul, em referência à espécie típica do Brasil.

A expectativa é que, na competição, o veículo se aproxime à eficiência energética de 1 mil quilômetros por litro de gasolina. Para atingir esse índice que supera o recorde do líder da competição de 2012, de 930 quilômetros por litro, o grupo de universitários teve que investir em quesitos como alinhamento e direção. “São detalhes no carro que diminuem o atrito e fazem ele ir mais longe”, explica Rodrigo, que lidera o time.

A equipe se mobilizou para angariar os R$ 80 mil necessários para aperfeiçoar o veículo e custear a logística para o grupo participar da prova deste ano. Os estudantes trabalham por títulos nacionais e internacionais desde 2009, utilizando tecnologias que beiram os recursos da Fórmula 1 e obtendo desempenho de dar inveja aos veículos que circulam nas ruas. Foram dois anos sem conseguir terminar os protótipos a tempo das disputas até se chegar ao desempenho de 412 quilômetros por litro no carro da competição do ano passado, o que garantiu o 7º lugar para o projeto.

Por Gabrielle Bittelbrun/ Diário Catarinense




Comentários