ThyssenKrupp anuncia investimento de R$ 100 milhões em MG

A nova fábrica será construída a partir do 2º semestre de 2012 e irá gerar 170 empregos diretos

 

O presidente da ThyssenKrupp do Brasil, Michael Höllermann, anunciou na última quinta-feira (21), a decisão da multinacional em investir cerca de R$ 100 milhões em Poços de Caldas, no Sul de Minas. Segundo o executivo, a ThyssenKrupp Valvetrain será a primeira unidade no Brasil a produzir conjuntos integrados de tampa do cabeçote do motor com eixos comando de válvula. O início da produção está previsto para até 2015, com a geração de 170 empregos diretos. A construção da nova planta deve começar no segundo semestre de 2012.
 
O Brasil é o principal mercado para a ThyssenKrupp na América Latina. Com mais de 19 mil funcionários no país, o grupo é um dos mais importantes fornecedores da indústria automobilística. Em Minas Gerais, possui unidades industriais em Ibirité e Santa Luzia, além de escritório de engenharia e centro de prestação de serviços em Belo Horizonte.
 
Escolha estratégica
Segundo o presidente da subsidiária Thyssenkrupp Presta Camshafts, Carlos Dias, será a primeira unidade da ThyssenKrupp Valvetrain, reconhecida mundialmente pelo seu know-how em pesquisa, desenvolvimento e produção neste segmento, no Brasil.
 
“A escolha de Poços de Caldas foi feita ao longo dos últimos seis meses. O fator principal foi a boa condição da educação e da infraestrutura, muito importantes para o nosso projeto”, afirmou o executivo.
 
O presidente da ThyssenKrupp do Brasil, Michael Höllermann, destacou que Minas Gerais tem uma mão de obra qualificada e boa localização, pois está próximo de grandes polos do setor automotivo.
 



Comentários