Teste de dureza Superficial Rockwell

Descrição

O método de teste de dureza superficial Rockwell consiste em endentar o material com um cone de diamante (escala N) ou endentador de esfera de aço endurecido. O endentador é forçado contra o material sob teste com uma pré-carga F0 , usualmente de 3 kgf . Quando o equilíbrio é atingido, um dispositivo que segue os movimento do endentador e responde às mudanças na profundidade de penetração do endentador é ajustado para uma posição de zeragem.

Mantida a pré-carga, uma carga F1 é adicionada, aumentando a profundidade de penetração. Quando o equilíbrio é novamente atingido, a carga é removida e mantida a pré-carga. A remoção da carga ocasiona uma recuperação parcial, reduzindo a profundidade de penetração. O aumento permanente da profundidade de penetração e, resultante da aplicação e remoção da carga é utilizado para o cálculo do valor da dureza Rockwell Superficial.



Continua depois da publicidade


onde:

  • F0= pré-carga em kgf
  • F1 = carga em kgf
  • F = carga total em kgf
  • e = aumento permanente da profundidade de penetração devido à carga F, medida em unidades de 0.001 mm
  • E = constante de 100 unidades para endentadores de diamante e esfera
  • HR = valor da dureza Rockwell
  • D = diâmetro da esfera de aço

Escalas de dureza superficial Rockwell

Existem várias escalas para a dureza superficial Rockwell, estabelecidas de acordo com os tipos de material a testar . Abaixo são mostradas as características de cada uma das referidas escalas, para pré-carga Fo de 3 kgf, com as respectivas recomendações de aplicação.

NOTA: os cuidados na medição, assim como vantagens e desvantagens são os mesmos indicados na medição da dureza Rockwell.

Tópicos:




Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta

 

 

Ajude-nos a fazer mais!