No fresamento, assim como nos demais processos de usinagem, existe uma série de importantes parâmetros de corte a considerar. Eles descrevem quantitativamente os movimentos, as dimensões e outras características da operação de corte.

Os parâmetros que descrevem o movimento da ferramenta e/ou peça são: freqüência de rotação, velocidade de corte e velocidade de avanço.

As dimensões do corte são: profundidade de corte e penetração de trabalho.
Outros parâmetros são: diâmetro da ferramenta e seu número de dentes (gumes principais), taxa de remoção de material e o tempo de corte.

Para definição e medição dos ângulos da ferramenta e outros parâmetros utilizamos um ponto selecionado sobre o gume como referência.


Continua depois da publicidade


As definições, os símbolos e as unidades desses parâmetros para o fresamento são as seguintes:

  • Frequência de rotação (n) [rpm]
    É o número de voltas por unidade de tempo que a fresa dá em torno do seu eixo.
  • Velocidade de corte (vc ) [m/min]
    É a velocidade instantânea do ponto selecionado sobre o gume, no movimento de corte, em relação a peça. No fresamento, o movimento de corte é proporcionado pela rotação da ferramenta. A velocidade de corte é, então, uma velocidade tangencial. As grandezas relacionadas ao movimento de corte recebem o índice “c”. (Ex: vc )

 

 

  • Avanço por revolução (f) [mm]
    No fresamento, o avanço é a distância linear percorrida por um conjunto de dentes que compõe uma ferramenta durante uma rotação completa dessa ferramenta. É medido no plano de trabalho.
    As grandezas relacionadas ao movimento de avanço recebem o índice “f”. (Ex: vf )
  • Avanço por dente (fz ) [mm/dente]
    É a distância linear percorrida por um dente da ferramenta no intervalo em que dois dentes consecutivos entram em corte. Também é medido no plano de trabalho.
  • Velocidade de avanço (vf ) [mm/min]
    É a velocidade instantânea do ponto selecionado sobre o gume, no movimento de avanço, em relação a peça. No fresamento, o movimento de avanço é provocado pela translação da ferramenta sobre a peça ou vice-versa. A direção da velocidade de avanço é, então, radial ao eixo da ferramenta.

 

 

  • Diâmetro (D) [mm]
    É o diâmetro da fresa.
  • Número de dentes (z)
    É o número total de dentes que a fresa contém.
  • Profundidade de corte (Penetração passiva) (ap ) [mm]
    É a quantidade que a ferramenta penetra na peça, medida perpendicularmente ao plano de trabalho (na direção do eixo da fresa). No fresamento frontal, ap corresponde à profundidade de corte e no fresamento periférico, à largura de corte.
  • Penetração de trabalho (ae ) [mm]
    É a quantidade que a ferramenta penetra na peça, medida no plano de trabalho e perpendicular à direção de avanço.

• Tempo de corte (tc ) [min]
É o tempo em que a ferramenta está efetivamente em corte.

• Taxa de remoção de material (Q) [mm3/min]
É o volume de material usinado por unidade de tempo.