Composição

Cermet é um composto formado por cerâmica e metal (CERâmica/Metal).

Quase tão antigo quanto o metal duro à base de tungstênio/cobalto, o cermet é um metal duro à base de titânio. Os primeiros cermets (Ti/Ni) surgem na década de 1930, embora ainda muito frágeis e pouco resistentes à deformação plástica.

Durante os anos quarenta e cinqüenta, o metal duro WC/Co desenvolveu-se consideravelmente, com grandes avanços em melhoria da performance.

Enquanto isso, os cermets avançaram marginalmente, através da adição de materiais, provavelmente por tentativa-e-erro, e com o aprimoramento da tecnologia de sinterização.


Continua depois da publicidade


Característica

  • baixa tendência a formação de gume postiço;
  • boa resistência a corrosão;
  • boa resistência ao desgaste;
  • resistência a temperatura elevada;
  • alta estabilidade química;

Aplicação

Ao longo da história da usinagem, os cermets ganharam fama de suscetíveis à repentina e imprevisível falha das pastilhas e, como tal, não têm sido fáceis de compreender em sua aplicação.

As próprias recomendações dos fornecedores freqüentemente são contraditórias: alguns especificam o uso somente se os fatores operativos no torneamento de acabamento estiverem exatamente corretos; outros indicam uma área ampla de utilização, incluindo o exigente semi-acabamento. Além disso, os cermets são amplamente usados com sucesso no fresamento de materiais duros. Assim, parece não haver diretrizes bem definidas sobre onde os cermets se encaixam na usinagem.