18/08/2020

Confiabilidade, produtividade e sustentabilidade: o tríplice pilar da excelência operacional na mineração

A mineração atravessa um momento especial no mundo, em que a demanda por minerais e metais ferrosos e não-ferrosos cresce a cada dia, fomentada pelas necessidades de implantação e desenvolvimento de grandes projetos globais de infraestrutura, logística, mobilidade, metalurgia, energia, indústria aeroespacial entre outros.

Como indústria de base, a mineração tem papel estratégico em todos os segmentos em que atua, fornecendo matéria-prima de várias qualidades e especificações para as diversas aplicações. Cada mineral tem diferentes particularidades, teores e valores. Isso faz com que as operações sejam distintas também. Entretanto, as operações devem ser balizadas por três questões chave comuns a todas as unidades: confiabilidade, produtividade e sustentabilidade.

A confiabilidade envolve vários agentes das operações de produção e manutenção. As pessoas e os equipamentos que trabalham diretamente nesses processos são corresponsáveis pela geração de valor e pelo resultado operacional. Nesse contexto, as áreas da manutenção e da operação devem seguir fielmente seus respectivos planos e cronogramas físicos e financeiros, de modo a estabelecer a continuidade e a regularidade da produção em suas diversas fases.

A produtividade é o resultado da combinação de esforços mútuos entre as disponibilidades ofertadas pela área de manutenção e a taxa de utilização de equipamentos, pessoas e demais recursos envolvidos nas áreas operacionais. A produtividade está diretamente relacionada à disponibilidade física e à taxa de utilização dos recursos. O produto desses três fatores gera a Eficiência Global do Equipamento, ou OEE - Overhaul Equipment Efficiency, na sigla em inglês.

Portanto, para uma correia transportadora que opera a plena capacidade - sem ocorrências de danos, apresentando desempenho compatível com suas características técnicas de projeto e, principalmente, dotada de todo o aparato tecnológico disponível de automação e segurança - o OEE tenderá a chegar ao mais próximo de 100%, ou seja, o equipamento opera com confiabilidade, garantindo a produtividade.

A sustentabilidade na mineração é resultado da modernização de processos, da necessidade de proteger o meio ambiente como ferramenta de perenização das operações e pela demanda de utilização consciente de recursos de todas as naturezas, sejam hídricas, humanas, materiais, financeiras, dentre outras.

A padronização de procedimentos operacionais nas diversas unidades de negócio é uma importante rotina para balizar as ações diárias, tanto nas áreas produtivas quanto nas áreas administrativas, em todas as regiões onde há uma instalação de processamento mineral.

Assim, novas tecnologias e modos de produção surgem na esteira da demanda por melhores condições ambientais, tais como a Truckless e o Processamento a Seco de Rejeitos, fazendo com que a emissão de particulados diminua, bem como a descaracterização de barragens proveja maior segurança para as operações e, principalmente, para as comunidades próximas.

A tecnologia Truckless gera a implantação de Transportador de Correias de Longas Distâncias (TCLDs), diminuindo a necessidade de consumo de óleo diesel e consequente emissão de gases como CO e CO2. Já o processamento de rejeitos a seco, como o próprio nome sugere, armazena os rejeitos dos processos de beneficiamento por meio do empilhamento em área definida para este fim, em substituição à utilização de barragens com material úmido. A água, neste caso, retorna para os processos internos, otimizando o consumo e preservando as nascentes e os mananciais próximos.

Seguindo essa tendência por processos cada vez mais automatizados e seguros, o mercado disponibiliza uma gama variada de produtos e serviços aplicáveis nas áreas operacionais e de manutenção, em condições severas de utilização, para garantir a integridade física das pessoas, das máquinas e dos equipamentos.

A transformação que o mundo exige começa pelas ações que tomamos e pelo desenvolvimento perene e sustentável de soluções para garantir operações seguras, que minimizem potenciais impactos inerentes ao ambiente da mineração, que atravessa um momento de modernização e melhoria contínua de seus processos em direção à excelência operacional.

As informações e opiniões veiculadas nesse artigo são de responsabilidade exclusiva do autor e não representam a opinião do Grupo CIMM.

Luciano Henrique Perry

O autor é promotor do segmento de mineração da Schmersal.


Comentários