27/05/2015

Normas Técnicas – Por que utilizá-las?

A aplicação de normas técnicas trazem diversos beneficios, é possível promover melhorias e inovações nos processos, produtos e serviços, que se tornam um grande diferencial para atrair novos consumidores e aumentar a vantagem competitiva da empresa.

Esta matéria poderia ser iniciada com uma definição básica do que entendemos ser a norma técnica, mas isto passaria facilmente despercebido, frente à diária e exaustiva repetição de processos que automaticamente desempenhamos, sem sequer nos questionarmos se poderiam ser aprimorados em termos de qualidade e produtividade.

Sendo assim, apresentaremos alguns dos principais benefícios e estatísticas de crescimento, proporcionados pelo uso das normas técnicas nos processos produtivos e na prestação de serviços. Os dados e informações apresentados são resultado de estudos conduzidos pela DIN - German Institute for Standardization – Instituto Alemão de Normalização.

As normas técnicas devem ser consideradas um instrumento estratégico para o avanço tecnológico das empresas. Na Alemanha, onde o estudo foi realizado, elas geram benefícios econômicos estimados em 16 milhões de euros por ano, além de promoverem o comércio global, incentivarem a racionalização da qualidade, da produtividade, da proteção ambiental, da segurança e da comunicação.

O estudo apresenta os tópicos de maior consenso em relação aos benefícios e facilitações proporcionadas pelo uso das normas técnicas, a citar:

Acesso ao Mercado – Normas Técnicas facilitam a exportação

O uso de normas técnicas internacionais facilita o acesso a novos mercados de produtos e serviços. O projeto de pesquisa, que leva em conta os benefícios econômicos das normas, mostrou que 84% dos negócios pesquisados utilizam normas Europeias e Internacionais como estratégia para suas exportações e para acesso a novos mercados.

Outro importante fator, ao qual as empresas devem estar atentas, é a possibilidade de participarem do processo de elaboração das normas. Tornar-se parte deste processo lhes concede a oportunidade de colocar suas tecnologias no mercado e aproveitar as vantagens de estabelecer novos processos produtivos e estarem à frente dos seus concorrentes.

Comércio Global – Normas Técnicas são a “língua franca” dos negócios mundiais

As Normas Internacionais, Europeias e Americanas fornecem uma linguagem técnicas comum para os parceiros comerciais do mundo inteiro. Para as empresas de abrangência global, essas normas representam a compatibilidade dos negócios com seus parceiros e fornecedores e garantem a qualidade dos seus produtos e serviços.

Elas também são uma importante ferramenta na quebra de barreiras técnicas, facilitando o comércio global. O acordo da OMC sobre “Barreiras Técnicas ao Comércio” recomenda a adoção de normas internacionais com o objetivo de estabelecer o livre comércio entre as nações.

Gerenciamento das inovações – Normas Técnicas são à base do conhecimento técnico e catalisadoras da inovação

As normas técnicas tem um efeito positivo em todo o processo de inovação, desde a pesquisa inicial até a comercialização dos novos produtos. Elas refletem o avanço da tecnologia como resultado da participação de inúmeros profissionais de diferentes áreas com o objetivo de padronizar um processo.

As normas podem também abrir novos campos tecnológicos, padronizando métodos de testes e medidas como complemento às novas tecnologias desenvolvidas, facilitando a cooperação com institutos de pesquisa e inovação.

Um dos critérios essenciais para o sucesso econômico é a transformação das inovações em produtos e serviços comercializáveis. Neste caso as normas são uma interface entre a pesquisa e o comércio.

Redução de Custos – O uso de normas gera economia em todas as áreas

- O departamento de Pesquisa e Desenvolvimento pode acessar a base de informações e conhecimentos técnicos relatados nas normas técnicas;

- A produção pode ser racionalizada, utilizando a tecnologia das normas para aumentar a produtividade e reduzir seu custo;

- Os departamentos da qualidade podem melhorar os níveis de satisfação dos clientes, oferecendo produtos que atendam aos requisitos de segurança estabelecidos pelas normas técnicas;

- O departamento de marketing pode promover seus produtos, divulgando a conformidade com normas técnicas internacionais, como uma estratégia de acesso ao mercado global.

Segurança e Sustentabilidade – As normas aumentam a segurança e garantem a sustentabilidade dos produtos

As normas técnicas aumentam a segurança em todas as esferas da vida humana, seja nos brinquedos infantis, no trabalho, nas estradas ou num momento de lazer.  Elas protegem os trabalhadores das indústrias, escritórios, laboratórios e dos canteiros de obras. O objetivo destas normas é maximizar os benefícios do desenvolvimento tecnológico e minimizar os riscos envolvidos. Isso tudo aumenta a confiança dos consumidores em relação aos produtos e serviços oferecidos.

Além da segurança, as normas técnicas contribuem muito para a sustentabilidade, levando em conta a segurança e a saúde ocupacional, bem como a proteção ao meio ambiente, oferecendo soluções testadas e aprovadas, especificando requisitos e definindo limites e valores por meio de métodos mensuráveis.

As normas de Gestão Ambiental abrangem todos os aspectos da qualidade do ar e da água, o controle de ruídos e a economia de energia. Fornece requisitos voltados para a sustentabilidade ambiental dos produtos e processos industriais e encoraja todos os funcionários a minimizar o uso de recursos não renováveis.

Os tópicos acima abordados apresentam, de maneira clara e objetiva, a importância do uso de normas técnicas, levando em conta tanto questões econômicas como ambientais e de segurança.

Elas contribuem significativamente na eficiência econômica das empresas, apresentando os requisitos que o mercado exige para que seus produtos se tornem competitivos; influenciam diretamente os consumidores, que buscam produtos com qualidade em termos de saúde, segurança e proteção ambiental.

No estágio atual de interdependência do comércio, as normas técnicas se tornaram uma ferramenta indispensável para a manutenção das empresas no mercado, pois ditam as regras da produção e induzem as indústrias a se manterem em constante atualização, mantendo sempre um nível tecnológico avançado na fabricação de produtos e na prestação de serviços.

As informações e opiniões veiculadas nesse artigo são de responsabilidade exclusiva do autor e não representam a opinião do Grupo CIMM.

Maria Pissaia

Autora é diretora geral da TechDoc.


Comentários