A utilização de softwares CAD e CAM na produção industrial

Diretor da SKA avalia a importância destes sistemas para a competitividade das empresas

Foto: SKA

Uma das maiores empresas da América Latina de software CAD e CAM que oferece soluções em design e manufatura, a SKA, está em constante atualização e inovação para destacar-se no mercado e manter-se como líder de vendas.

Há 19 anos atuando no setor metal mecânico, a SKA já realizou implantações em indústrias de diversos portes e segmentos, como Aker Kvaerner, Grupo Gerdau, Grupo WEG, Marcopolo, Mahle, TGM, NG Metalurgica, Romi, Tramontina, Weatherford, entre outras.

Confira a seguir a entrevista exclusiva que o diretor geral da empresa, Siegfried Koelln, concedeu ao portal CIMM . Koelln fala sobre a importância de sistemas CAD e CAM para auxiliar engenharias de projeto e manufatura das indústrias.

Como o senhor vê a necessidade do uso de tecnologias CAD e CAM cada vez mais novas nas indústrias brasileiras?
 
O uso da tecnologia para a melhora de processos industriais tornou-se imprescindível para a permanência e o crescimento de uma empresa no mercado. A competição e a modernização constantes fazem com que as tecnologias CAD e CAM estejam presentes na vida das indústrias.

A migração para o CAD 3D, por exemplo, representado na SKA pelo SolidWorks, já é uma realidade para muitas empresas brasileiras. Ele permite o desenvolvimento de projetos mecânicos com maior qualidade, agilidade e precisão, reduzindo assim custos com protótipos e testes físicos e obtendo um produto final de melhor qualidade.
 
Em relação ao CAM, a revisão constante de processos produtivos – que buscam mais produtividade e qualidade por meio da aplicação intensiva de novas tecnologias e máquinas – impõe a necessidade de softwares para a programação. Atualmente é impossível programar uma máquina que opera com cinco eixos sem a ajuda de um software como o Edgecam, por exemplo.
 
Vale ressaltar que, além de serem cada vez mais importantes estrategicamente, essas tecnologias também estão cada vez mais acessíveis do ponto de vista dos investimentos necessários e, quando bem implementadas, apresentam um rápido retorno do investimento. Também permitem que as empresas que nela investem, tenham a capacidade de armazenar neste software seu conhecimento adquirido em anos de prática, o que diminui a dependência da empresa em relação a pessoas. Sendo assim, o real valor do profissional para a empresa está naquilo que ele agrega a cada dia, e não aquilo que só ele sabe e retém para si.
 
Qual o maior desafio que as empresas usuárias de softwares CAD/CAM enfrentam atualmente?
 
O processo de globalização exige que as empresas desenvolvam produtos cada vez melhores em menos tempo. O mercado está mais exigente e as empresas precisam se adequar a essa nova perspectiva, reduzindo os custos e tempos de fabricação, desenvolvendo projetos inovadores e colocando produtos de qualidade superior mais rapidamente no mercado.
 
Ao mesmo tempo, a busca por um rápido retorno do investimento é constante. Frente a esses desafios, todos os setores da economia brasileira percebem que a automação de seus processos de engenharia é um caminho sem volta, e somente com softwares melhores e informatização desses processos será possível atingir maiores níveis de competitividade.
 
Quais as maiores exigências feitas pelas indústrias quando vão escolher a empresa que comprarão um software?
 
Um dos pontos fundamentais é a estrutura de serviços oferecida pela revenda. Para o cliente, adquirir um software líder de mercado não é suficiente. Ele precisa ter a segurança de contar com o apoio técnico especializado de quem pode lhe oferecer possibilidades de aperfeiçoamento constante, garantindo a melhor utilização possível da solução adquirida. Sob este aspecto uma revenda com real estrutura faz a diferença.
 
E o que a SKA se propõe a fazer para atender essas exigências?

A experiência de nossa equipe técnica em serviços de capacitação, implantação, desenvolvimento de sistemas, pós-processadores, integração e suporte, entre outros, vêm para potencializar esses benefícios, trazendo eficiência durante todo o ciclo de vida do investimento.
 
Um exemplo claro de estrutura de atendimento diferenciada é o Suporte SKA On-line. A SKA coloca à disposição de seus clientes uma equipe dedicada de técnicos em tempo integral, que trabalha na solução de dificuldades e dúvidas dos clientes com a utilização dos produtos. Disponível em horário comercial, pode ser acessado por e-mail ou telefone.
 
Outro exemplo são as parcerias que a SKA possui com empresas do setor metal-mecânico, promovendo uma sinergia entre fabricantes de máquinas, ferramentas e software. Exemplos dessas empresas são: ROMI, White Martins, OKUMA, Walter do Brasil, Sandvik, Flow Latino,  Meggaton, Meggaforming, Wotan, etc.

O senhor consegue apontar um país que se destaque neste mercado e que sirva como exemplo para as empresas brasileiras?

Existem regiões do mundo em que o uso de sistemas CAD/CAM é intensivo, como por exemplo Estados Unidos e países escandinavos. Obviamente por diferenças salariais a pressão por resultados superiores nestes países chega mais cedo.

Mas o fato é que o Brasil não fica atrás. Temos hoje em funcionamento máquinas tão complexas quanto em outros países. Muitas engenharias de projeto no Brasil trabalham em igualdade com as de fora, inclusive colaborativamente, desenvolvendo projetos em conjunto com equipes de trabalho no exterior. Uma prova disto é que muitas vezes as necessidades dos usuários de Edgecam no Brasil foram atendidas pela empresa desenvolvedora do software e acabaram beneficiando usuários do mundo todo.
Saiba mais sobre:
SKA - RenderWorks no portal CIMM.
Tópicos:


Comentários ()