Schneider Electric inaugura Centro de Competência Process Bus para Subestações Digitais no Brasil

Iniciativa visa ao fomento da digitalização do setor de distribuição de energia

A Schneider Electric, líder global na transformação digital em gestão da energia elétrica e automação, acaba de inaugurar seu primeiro Centro de Competência Process Bus IEC61850 voltado às Subestações Digitais no Brasil. Para o projeto, a multinacional francesa recebeu um aporte em equipamentos que permitem que a Schneider esteja habilitada a entregar soluções completas para o desenvolvimento de subestações de energia digitalizadas.

A tecnologia Process Bus IEC61850 viabiliza a substituição de cabos de cobre por cabos de fibra ótica, transmitindo informações de forma digital. O uso dessa tecnologia resulta em redução do Capex e Opex para as distribuidoras, além de permitir redução dos requisitos de infraestrutura (canaletas, dutos e envelopes de cabos), dos custos de testes de aceitação em fábrica (TAF) e testes de aceitação em campo (TAC), e de projeto.

Ao operar uma subestação digital, as distribuidoras de energia passam a trabalhar de forma mais ágil e segura. E, em caso de desligamentos indevidos, podem obter relatórios detalhados e orientados sobre a ocorrência, realinhando investimentos e mitigando riscos.


Continua depois da publicidade


"Para nós da Schneider Electric, a criação do Centro de Competência Process Bus IEC61850 para Subestações Digitais é algo de extrema importância. Por meio de nosso laboratório poderemos mostrar ao mercado o diferencial de se operar com tecnologias digitais e como isso agregar valor à operação de uma subestação", afirma Adenilson Dias Santos, Category Manager Automation Products da Schneider Electric para a América Latina.

O Centro de Competência Process Bus para Subestações Digitais Brasil é o segundo da Schneider Electric em todo o mundo, sendo o primeiro localizado na Tailândia. Para projetar o laboratório, a Schneider Electric recebeu novos equipamentos enviados diretamente de sua matriz, localizada na França. Além disso, 22 colaboradores de países como Brasil, Argentina e Chile, foram treinados e certificados especificamente para trabalhar com as soluções do novo centro.

Infraestrutura instalada

O Centro de Competência Process Bus IEC61850 para Subestações Digitais conta com relés de proteção de linha de transmissão Micom P54x, com Smart Terminal Blocks (SMTB), que digitalizam os pontos digitais da subestação, e com Merging Units, que digitalizam os pontos analógicos da subestação.

Para saber mais sobre soluções da Schneider Electric voltadas às subestações de energia acesse: http://www.se.com/br.




Comentários