Sustentabilidade é estratégia de negócio

O tema já faz parte das metas traçadas pelas empresas em seus planos estratégicos

Não será mais possível fazer negócios sem levar em conta a sustentabilidade . Esse foi o recado transmitido por Luciana Costa, coordenadora de ações comunitárias e sustentabilidade do grupo FCA em painel sobre o tema durante o Automotive Business Experience, ABX19 , que ocorreu segunda-feira, 27, no São Paulo Expo. Além de Luciana, participaram Saori Yano, gerente de sustentabilidade da Toyota do Brasil e diretora executiva da Fundação Toyota, e Rosane Santos, gerente de desenvolvimento sustentável da Nissan América Latina. 

As executivas trouxeram suas experiências e mostraram o quanto suas empresas estão avançadas em relação a ações sustentáveis. “Nos últimos três anos, o grupo FCA incluiu os objetivos da sustentabilidade dentro de suas metas empresariais. É um projeto estratégico. Hoje, 100% dos diretores da Latam têm objetivos nesse sentido. Cada executivo já entende qual é a sua entrega”, afirma Luciana. 

Nissan e Toyota também têm feito sua parte, focadas tanto no público interno como no externo. “Fizemos no ano passado nossa releitura da sustentabilidade, com ações para fornecedores e concessionárias entenderem sustentabilidade como parte do negócio. Trabalhamos com conexões dentro e fora da organização. Sustentabilidade não é 1+1=2, multiplicamos os resultados”, declara Rosane Santos. 


Continua depois da publicidade


Já Saori Yano afirma que inclusão e diversidade são temas fundamentais dentro da Toyota. “Fizemos uma reestruturação da área de sustentabilidade revisando pilares prioritários, considerando o momento de transição de fabricante de automóveis em empresas de mobilidade”, diz. “Estamos definindo metas (de sustentabilidade) até 2050, em parceria com a Associação Brasileira dos Distribuidores Toyota”, conclui. 




Comentários