Volkswagen anuncia investimentos para modernização de fábrica

O clima de otimismo na indústria após a aprovação da modernização da legislação trabalhista, em julho, foi reforçado nesta segunda-feira (14), com o anúncio de investimentos da montadora Volkswagen em São Bernardo do Campo (SP). A empresa informou que está investindo mais de R$ 2,6 bilhões no desenvolvimento e na produção de dois modelos de automóveis, além da modernização da fábrica Anchieta, para um novo sistema de produção.

A previsão é de que dentro de três meses a fábrica volte a operar em três turnos. “Esse anúncio confirma nossa expectativa. A modernização das leis trabalhistas trouxe segurança jurídica e mais otimismo para o setor produtivo, que está voltando a acreditar no país e já começa a investir, ajudando na retomada da geração de empregos”, comentou o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.


Continua depois da publicidade


O anúncio desta semana faz parte de um plano de investimentos da ordem de R$ 7 bilhões da Volks até 2020, contemplando desenvolvimento e modernização da manufatura, testes de certificação e validação do produto, desenvolvimento local de peças, qualificação de pessoal e ações para o lançamento dos modelos no Brasil.

Segundo o presidente e CEO da Volkswagen do Brasil e América do Sul (SAM), David Powels, essas novidades marcam a chegada de uma evolução à montadora alemã em suas atividades no país. Powels, que em declarações recentes à imprensa apontou a modernização da legislação trabalhista como um passo importante para dar confiança à indústria e ajudar na recuperação da economia, afirmou que o ano de 2017 “marcará a virada de página da Volkswagen do Brasil”.

As projeções da Volks indicam que, à medida que a produção dos novos carros se intensificar, a fábrica pode voltar a operar 100%. Nesse caso, a montadora prevê a retomada do segundo e do terceiro turnos de trabalho, chamando de volta os funcionários que estão em regime de layoff (suspensão temporária do contrato). Hoje, a fábrica Anchieta só funciona no turno da manhã.

General Motors

O anúncio de investimentos da Volkswagen foi o segundo do setor automotivo, após a aprovação do projeto de modernização das leis trabalhistas. No início de agosto, a General Motors (GM) Mercosul anunciou um investimento de R$ 1,4 bilhão para modernização da planta de Gravataí (RS), onde fica um dos três complexos industriais da empresa no

Brasil – os outros estão em São Caetano do Sul e São José dos Campos, ambos em São Paulo. Segundo a GM, está previsto um pacote de investimentos em parceria com o governo gaúcho para a implementação de novos processos produtivos e tecnologias na empresa. A direção da GM destacou, por meio de um documento ao Ministério do Trabalho, seu apoio à agenda de reformas do governo federal e reiterou a confiança no país.

Confiança

Os anúncios da Volkswagen e da General Motors ocorrem em meio a outros sinais de retomada da confiança dos empresários desse setor na economia brasileira. Em julho, a indústria do material de transporte gerou 2.282 postos de trabalho. “Esse subsetor inclui a indústria automobilística, o que sinaliza a confiança dessas empresas na retomada do poder de compra e da demanda de crédito por parte da população’, observou Ronaldo Nogueira.

O ministro explicou que o crescimento do nível emprego na indústria automobilística indica que as famílias estão recuperando sua capacidade de endividamento e, assim, ampliando a demanda de consumo. Isso porque a retomada da indústria automotiva está associada à contratação de financiamento e não apenas a fatores sazonais. “São sinais claros de uma consolidação maior da recuperação econômica”, salientou.

Seguro Emprego

Além da modernização trabalhista, a indústria automotiva também foi beneficiada pelo Programa Seguro Emprego (PSE), com a adesão de novas empresas, em maio e junho deste ano, e a preservação de 2.767 vagas no setor. A própria Volkswagen foi destaque em junho, quando firmou três termos de adesão relativos à sua fábrica de Taubaté (SP), garantindo a manutenção de mais de 2,5 mil empregos.




Comentários ()