Gerdau inaugura a 1ª Serralheria Modelo

Fonte: Gerdau

O Grupo Gerdau e o projeto social Pão dos Pobres inauguraram, no dia 23 de abril, o projeto Serralheria Modelo, o primeiro do gênero no País. A iniciativa integra o Programa Profissional do Aço da Gerdau, que estimula a capacitação e a difusão de informações técnicas e de gestão para serralheiros de todo o País, e conta com o apoio do Instituto Gerdau. O projeto Serralheria Modelo consiste na criação e modernização de serralherias para preparar jovens em situação de vulnerabilidade social e profissionais já atuantes no mercado com as melhores tecnologias e metodologias visando aumentar sua empregabilidade.

Na Serralheria Modelo cerca de 60 alunos terão aulas teóricas e práticas sobre o ofício. O curso tem a duração de dois anos, com 1.600
horas-aula. Será ministrado em dois turnos (manhã e tarde) com os módulos: básico de serralheria e informática; montagem de aço, ligas e
plantas; e soldagem e prática. O conteúdo foi estruturado com base na metodologia do Senai. No turno da noite, a intenção é oferecer vagas
para serralheiros que queiram ampliar e qualificar sua atuação. Ao capacitar jovens para o mercado de trabalho, a Serralheria Modelo da
Fundação Pão dos Pobres servirá de referência para disseminar a iniciativa em outros Estados.

Para desenvolver os novos serralheiros, a sede da instituição foi totalmente reformada. O investimento foi de R$ 238 mil. O espaço onde
eram ministradas aulas de serralheria foi modernizado e ampliado para 300 metros quadrados, mais que o dobro da área anterior. A Serralheria Modelo conta com show room, almoxarifado, escritório, expedição e espaço físico para pintura e máquinas de primeira geração para as aulas práticas.


Comentários ()