Bosch e Daimler estão trabalhando juntas em um sistema totalmente automatizado e sem motorista

Aliança prevê o lançamento de um sistema totalmente automatizado e sem motorista até o início da próxima década.


Continua depois da publicidade


A Tesla se tornou nesta segunda-feira (10) a fabricante de veículos mais valiosa dos Estados Unidos, após desbancar a a General Motors (GM) em valor de mercado.

De acordo com a Bloomberg, a companhia de Elon Musk valia cerca de 51 bilhões de dólares nesta manhã, cerca de 2 bilhões a mais do que a GM. Em termos gerais, o valor de mercado de uma empresa é dado pela soma do valor de todas as suas ações.

Os papéis da Tesla chegaram a subir 3,7% na sessão de hoje, negociados a pouco mais de 310 dólares. A alta foi influenciada pela mudança na recomendação da Piper Jaffray, que alterou o preço-alvo dos papéis de 223 dólares para 368 dólares.

“A Tesla gera otimismo, liberdade, desafio e uma série de outras emoções que, ao nosso ver, outras companhias não conseguem replicar”, disse Alexander Potter, um dos analistas da Piper Jaffray citados pela Bloomberg.

Apesar de fabricar apenas dois modelos de veículos elétricos e produzir menos de 100 mil veículos por ano (pouco se comparado aos 10 milhões de carros vendidos em 2016 pela GM), a Tesla se tornou a “queridinha” dos investidores norte-americanos que acreditam no potencial de veículos alternativos e de outras inovações.

Na semana passada, a companhia de Elon Musk já havia ultrapassado a Ford em valor de mercado, após anunciar a venda de mais de 25 mil veículos no primeiro trimestre de 2017.




Comentários ()