Abimei vê Feiplastic como oportunidade para retomada da confiança na cadeia do plástico

Maior evento do setor no Brasil, Feira Internacional do Plástico de 2017 deve reunir 66 mil pessoas e mais de mil empresas.


Continua depois da publicidade


Tal como toda a indústria nacional, o setor de plásticos enfrenta dificuldades desde o início da crise econômica. No entanto, entidades e empresas que atuam no segmento veem na edição de 2017 da Feira Internacional do Plástico (Feiplastic) uma janela de oportunidades para que os empresários comecem a retomar a confiança.

Esta é justamente a visão da Associação dos Importadores de Máquinas e Equipamentos Industriais (Abimei). “A Feiplastic é a feira ‘oficial’ da cadeia de plásticos no Brasil”, observa o diretor financeiro da entidade, Christopher Mendes, que também é responsável pela Comissão de Máquinas para Plástico e Papel da associação. “Desde a época da Brasil Plast, empresas de transformação, máquinas, peças, matérias primas, químicas e consultorias sempre aguardam esse momento para gerar mais e mais negócios”, ressalta o dirigente.

Além de um estande que a Abimei usará para atender associados e defender os interesses dos importadores de máquinas, a entidade terá também uma participação com palestras na Arena do Conhecimento, espaço dedicado na feira para exposição de ideias e troca de experiências entre os participantes.
 
Os associados que participarão da Feiplastic em 2017 são: BRÁSIA, Eurostec, HRS Flow e SIMCO.




Comentários ()