Embraer faz contrato de US$ 1 bi para venda de 24 jatos para United Airlines

Encomenda é resultado de transferência dos pedidos de outra companhia.


Continua depois da publicidade


A Embraer anunciou nesta quarta-feira (16) que assinou um contrato com a aérea United Airlines para a venda de 24 jatos comerciais E175.  A encomenda é resultado de uma transferência dos pedidos, previamente alocados para a Republic Airways, e que agora serão cancelados. O investimento da companhia norte-americana é de US$ 1,08 bilhão.

A previsão é que as entregas sejam feitas no próximo ano. A fabricação das aeronaves será na sede da empresa, em São José dos Campos (SP). Não estão previstas novas contratações para atendimento do pedido.

A transferência do contrato da Republic Airways para a United Airlines ocorreu porque a Republic está em processo de recuperação judicial. O movimento entre as companhias não terá impacto na atual carteira de pedidos da Embraer.

A Republic, que opera voos regionais, complementa as malhas da United Airlines, American Airlines, Delta Air Lines e United Continental.

Balanço

​A fabricante de aeronaves Embraer registrou no terceiro trimestre deste ano um prejuízo líquido de R$ 107 milhões, abaixo dos R$ 372 milhões registrados um ano antes. O resultado da empresa foi impactado por contingências feitas para arcar com um plano de demissão voluntária, custos para encerrar uma investigação internacional sobre práticas anticompetitivas e baixas contábeis pela reavaliação de ativos.


Continua depois da publicidade


Excluindo as despesas extraordinárias, a Embraer informou que fechou o trimestre com um lucro ajustado de R$ 255,9 milhões, praticamente em linha com o obtido um ano antes. O lucro líquido ajustado é a quantia correspondente ao lucro líquido do exercício menos os valores destinados às reservas legal e de contingência (para imprevistos) do ano seguinte.




Comentários ()