Região concentra investimentos do polo automotivo

Empresas investem R$ 14 bilhões e geram mais de 10 mil vagas de emprego.


Continua depois da publicidade


O interior do Estado do Rio de Janeiro é o responsável por bilhões em investimentos no setor automotivo, com destaque para ao menos três cidades do eixo das Agulhas Negras: Resende, Porto Real e Itatiaia. Nesta terça-feira o Governo do Estado ressaltou a importância do setor para a economia fluminense lembrando que montadoras instaladas ou em fase de início de produção no Rio garantem investimentos acima de R$ 12 bilhões, gerando mais de 7 mil empregos. Na região estão as montadoras Nissan do Brasil e MAN Latin America (Resende), Jaguar Land Rover e Hyundai Heavy Industries (Itatiaia), PSA Peugeot-Citröen (Porto Real).

Em todo o território fluminense constam ainda cerca de 15 indústrias da cadeia produtiva, que investem mais de R$ 2 bilhões e oferecem mais de 3 mil vagas.  Para o secretário de estado Desenvolvimento Econômico, Marcos Capute, o Rio de Janeiro reúne uma série de fatores atrativos: um dos maiores mercados consumidores nacionais, infraestrutura portuária e rodoviária, proximidade de São Paulo e Minas Gerais e mão de obra qualificada. “O polo automotivo corresponde a cerca de 10% da atividade industrial do estado. Fomentar a atração de indústrias do setor gera emprego e renda para a população fluminense, além de estimular a economia, através da atração da cadeia de fornecedores e prestação de serviços nas empresas instaladas”, explica.


Continua depois da publicidade


Em Resende estão instaladas a MAN Latin America, que produz ônibus e caminhões Volkswagen e MAN. A cidade conta desde abril de 2014 com a Nissan do Brasil, que fabrica carros como os modelos March e Versa. Em Porto Real, opera a fábrica de veículos PSA Peugeot-Citroën. Em Itatiaia, estão a Hyundai Heavy Industries, onde são montados tratores e máquinas pesadas e, em breve, terá início a produção da fábrica de veículos Jaguar Land Rover, com veículos Premium como o Range Rover Evoque. E em Três Rios, já na região Centro-Sul, está a Neobus. Juntas, as seis empresas geram cerca de 10 mil empregos e têm capacidade para produção de aproximadamente 630 mil veículos por ano. Duque de Caxias, na Região Metropolitana, abriga outra unidade da Neobus e a Ciferal, que fabricam plataformas para ônibus.

Evoque

O destaque de 2016 no setor será a inauguração da unidade da Jaguar Land Rover, no complexo empresarial de Itatiaia. O local recebeu obras de infraestrutura como a Avenida Industrial Alda Bernardes de Faria e Silva, interligando o complexo à entrada da cidade pelos trevos do viaduto sob a Rodovia Presidente Dutra. A direção da montadora Britânica garantiu que vai produzir o crossover Premium Range Rover Evoque na fábrica de Itatiaia, em  fase final de fundação. O Evoque é o modelo mais vendido pela montadora no país nos últimos anos. Outro modelo previsto é o Land Rover Discovery Sport. Sem estipular datas, a expectativa do grupo é que as vendas desses modelos fabricados em Itatiaia ganhem as concessionárias até meados de junho ou julho deste ano.

As obras seguem em ritmo acelerado, no que será a primeira fábrica totalmente própria da empresa fora do Reino Unido, com investimentos de R$ 750 milhões. Durante a primeira fase de atividades, a nova unidade industrial de 60 mil metros quadrados irá gerar cerca de 400 empregos diretos e terá capacidade para produzir até 24 mil veículos ao ano.

A produção em Itatiaia vai utilizar componentes nacionais de fornecedores locais, além de importar outros de sua rede global. A empresa também investe em serviços de assistência técnica.




Comentários ()