Medium_3e2436b
Guilherme Alfredo Kastner    |   09/03/2017   |   Projeto Descomplicado

Gestão de projetos

Senhores,

Uma das coisas que vem se popularizando no mercado é a gestão de projetos e as ferramentas que a suportam. Quero falar de dois métodos nesse texto: PMBOK e Ferramentas PLM.

Definição de projetos

Um dos principais itens que tem de ser avaliado é a definição principal desse termo. Segundo o dicionário Aurélio
Significado de Projeto é:

1 - O que planejamos fazer.
2 - Desígnio, tenção, plano, empresa, cometimento.
3 - Primeira redação de uma lei, estatutos, etc.
4 - Plano gráfico e descritivo.
5 - Estender-se, prolongar-se.
6 - O que planeamos fazer.
7 - Desígnio, tenção, plano, empresa, cometimento.
8 - Primeira redação de uma lei, estatutos, etc.
9 - Plano gráfico e descritivo.
10 - Projeto de Lei: Texto legal que é apresentado a um órgão legislativo com objetivo de se tornar uma lei.

Para empresas isso não fica bem claro, entretanto poderemos pegar um apoio no PMBOK. Projeto é um empreendimento temporário com o objetivo de criar um produto ou serviço único com os seguintes requerimentos:

•    Executado por pessoas
•    Restringidos por recursos limitados
•    Planejados, executados e controlados

A palavra “temporário” tem por objetivo garantir que todo projeto tem início, meio e fim claramente definidos. Se estamos associados a tarefas, pessoas e tempos, um cronograma se torna fundamental para esse tipo de solução. Com base nele teremos como realizar essas etapas:

•    Detalhar as etapas de projeto
•    Interligar as etapas e as interdependências entre elas
•    Analisar os prazos relacionados e os status das ações

Segundo o PMBOK, todo cronograma poderá ter muitos tipos de saída, como detalhado abaixo:

Baseado nestes tópicos, estamos com os principais embasamentos teóricos para a gestão de projetos.

Ferramentas PLM

Quando se fala em PLM, poderemos ver todos os recursos do PMBOK em prática. Em primeiro lugar se pode analisar a lista de projetos disponível na plataforma, conforme a imagem abaixo

Também é disponibilizada a associação com os entregáveis que cada fase do cronograma deverá entregar. Nesse caso, poderemos estar falando de um arquivo de projeto, manual de instrução, item projetado ou imagens. Também pode-se definir o que vai ser executado ao final de cada etapa como a execução de reuniões.

Se a lista de tarefas não deixa clara a interdependência entre tarefas, com isso a ferramenta também nos disponibiliza na visualização do projeto o gráfico em barras. Ele dá ao usuário a clara relação entre o início e o fim das tarefas.

Contudo, uma plataforma PLM dá aos usuários características de gestão superiores a simples sistemas de criação de cronogramas. Vejam:

Uma vez que as tarefas e responsáveis estão alocados, pode-se ver os seguintes itens como gráfico com listas de tarefas restantes por semana ou status do projeto.

As informações e opiniões veiculadas nesse artigo são de responsabilidade exclusiva do autor e não representam a opinião do Grupo CIMM.
Tópicos:
3e2436b

Guilherme Alfredo Kastner

Técnico de aplicações da SKA Automação de Engenharias desde setembro de 2004. Trabalhou com diversas Soluções Autodesk, SolidWorks. Nos últimos anos o trabalho tem sido focado na melhoria da comunicação das engenharias com os seus clientes dentro das corporações como a fábrica, administrativo e outros setores.


Mais artigos de Guilherme Alfredo Kastner

Últimas perguntas no fórum

Tire suas dúvidas com a comunidade CIMM

Comentários ()



Patrocinador exclusivo de segmento    
Comércio de produtos excedentes: