Medium_3e2436b
Guilherme Alfredo Kastner    |   26/04/2016   |   Projeto Descomplicado

Indústria 4.0 – Parte 4

Quando prometi fazer quatro posts a essa série, não imaginava realmente como dividiria a série. Até o momento foram abordados alguns itens como a definição da indústria 4.0, a função de um sistema de PDM, comunicação CAD e CAM além da especificação do projeto direto no modelo. Na dúvida, basta que procurem os posts anteriores.

A ideia agora é ressaltar um dos conceitos, a comunicação entre máquinas ou sistemas.

Comunicação entre sistemas

Uma das coisas que a engenharia faz constantemente é o cadastro da estrutura de projeto para o sistema ERP. Existem muitos materiais que demonstram o assunto na internet, como o vídeo em inglês que segue abaixo:

Indústria 4.0 tem como conceito primordial a integração entre sistemas e máquinas. No vídeo mostra-se a integração onde tudo que é desenvolvido é diretamente integrado do sistema de projetos ao CAD. As representantes de CAD, como a SKA, possuem setores responsáveis por desenvolvimento de integrações entre sistemas. Há esse link onde o especialista técnico descreve alguns pontos sobre o assunto. Como eu mencionei em um artigo anterior, nenhuma das ferramentas faz parte da automação de nova geração. O que está mudando é a integração entre as ferramentas.

Comunicação no chão de fábrica

Um dos pontos mais críticos da integração na indústria 4.0 é o monitoramento automatizado do processo fabril. Sempre na fábrica tem-se a necessidade de saber itens como a quantidade de peças produzidas, energia gasta em máquina, tempo de operação nas estações de trabalho, problemas operacionais nos postos. A questão é que estes dados são conhecidos das pessoas nas produções industriais, mas como eles são tabulados e formatados?

Estão surgindo sistemas automatizados que são voltados aos pontos que estão listados neste tópico. Estarei listando alguns exemplos da NC Systems.

Um dos exemplos é o monitoramento de falha de máquina. Conforme pode-se ver abaixo, a máquina envia uma notificação ao responsável da produção ou manutenção.

A imagem acima demonstra os seguintes conceitos:
•    Integração das máquinas a internet;
•    Automação das máquinas;
•    Comunicação entre máquinas.
Um dos problemas para a fábrica é a orientação automatizada da fabricação ao longo dos processos de manufatura. Como saber em qual estágio de fabricação está a peça a ser encontrada? Para isso, a fábrica tem de alimentar os devidos sistemas, algo similar ao demonstrado na imagem abaixo:

Como parte desse sistema, existiriam os seguintes fatores
•    Software ERP, sistema de gestão da empresa
•    Sistema MES, responsável por monitorar e controlar todas as etapas do processo de produção
•    A fábrica, onde o processo acontece e alimenta os sistemas através de terminais ou comunicação diretas nas máquinas operatrizes.

Todos os fatores que listei acima se comunicam através de automações e entrando a informação em apenas uma das etapas, as outras são alimentadas automaticamente com as integrações. O resultado de tudo que mencionei é uma sequência de indicadores similares aos existentes abaixo:

A manufatura sem papel é um dos fatores mais interessantes nesse conceito demonstrado durante a série de posts. Terminais devidamente capazes, podem acessar diretamente no posto de trabalho a informação do desenho técnico, sem a impressão do mesmo.


Observem a imagem de trabalho que demonstra um terminal de comunicação integrado a máquina.

Na imagem seguinte, um desenho aberto direto em um dispositivo.

Abaixo um exemplo dessa operação em vídeo durante uma feira com um modelo de terminal exposto:


Senhores, tudo é uma questão de conceito. Demonstrei diversas soluções que podem trazer as indústrias para a tecnologia que está se tornando o padrão no século XXI.

Conecte-se pelo meu linkedin.

As informações e opiniões veiculadas nesse artigo são de responsabilidade exclusiva do autor e não representam a opinião do Grupo CIMM.
3e2436b

Guilherme Alfredo Kastner

Técnico de aplicações da SKA Automação de Engenharias desde setembro de 2004. Trabalhou com diversas Soluções Autodesk, SolidWorks. Nos últimos anos o trabalho tem sido focado na melhoria da comunicação das engenharias com os seus clientes dentro das corporações como a fábrica, administrativo e outros setores.


Mais artigos de Guilherme Alfredo Kastner

Últimas perguntas no fórum

Tire suas dúvidas com a comunidade CIMM

Comentários ()